Entre o desespero e a desonestidade

É impressionante o grau de desonestidade do PT diante da possibilidade de ser derrotado nas eleições de outubro. O caso do aeroporto da cidade de Cláudio – MG e a notícia plantada no jornal Folha de S. Paulo são evidências de que a luta, no que depender do PT, será desonesta. É preciso que os fatos sejam esclarecidos.

A Coligação Muda Brasil já o fez (vejam a nota ao final deste post), mas determinados setores da opinião pública insistem em requentar factoides.

Vamos aos 6 pontos que esclarecem, definitivamente, a questão:

1 – O aeroporto foi construído em área do Estado.

2 – O ex-proprietário da área é tratado na reportagem da Folha como se fosse dono do terreno.

3 – O programa ProAero, criado no governo de Aécio Neves, realizou investimentos em inúmeros aeroportos do Estado. Nesse contexto é que foram realizadas as melhorias na pista de pouso que existia há duas décadas na região apontada pela entrevista.

4 – O processo de homologação do aeroporto está em tramitação na Anac desde 22 de julho de 2011.

5 – Todos os aeroportos, como se sabe, pertencem à Secretaria Nacional de Aviação Civil e, em maio deste ano, foi assinado convênio que transfere a jurisdição para o Estado de Minas Gerais.

6 – Ao contrário do que diz a reportagem da Folha, não houve favorecimento aos ex-proprietários do terreno.Vale mencionar que as condições de desapropriação foram, inclusive, questionadas pelo ex-proprietário, que entrou na Justiça contra elas.

O episódio mostra que a combinação do desespero, diante da iminência da derrota, e da desonestidade podem levar à perigosa distorção da verdade. É preciso ficar atento.

____________________________________________________________________________________

“ESCLARECIMENTOS

O jornal Folha de S. Paulo publicou, hoje, a matéria ‘Governo de Minas fez aeroporto em terra de tio de Aécio’, que apresenta diversos equívocos, envolvendo o nome de Aécio Neves. A Coligação Muda Brasil lamenta e esclarece que:

Ao contrário do que foi publicado,

‘o Governo do Estado não construiu aeroporto em terra de tio de Aécio’. O aeroporto foi construído em área pertencente ao Estado, não havendo portanto o investimento publico em área privada afirmado no título da reportagem.

De forma incompreensível, o ex-proprietário da área é tratado na reportagem como dono do terreno.

Não se trata também de construção de um novo aeroporto, mas de melhorias realizadas em pista de pouso que existia há mais de 20 anos no local, realizadas por meio do ProAero, programa criado no governo Aécio Neves e que garantiu investimentos em inúmeros aeroportos do Estado.

O senador Aécio Neves não é proprietário da fazenda da Mata, no município de Cláudio, em Minas Gerais. O imóvel é de propriedade do espólio da avó da Aécio, Risoleta Neves —portanto, pertence aos três filhos dela. A fazenda está há cinco gerações na família. A bisavó do senador nasceu no local.

A documentação para homologação do aeroporto foi enviada à Anac em 22 de julho de 2011. Assim como vários outros aeroportos no Estado, aguarda a conclusão do processo.

Todos os aeroportos do país pertencem à Secretaria Nacional de Aviação Civil. Em maio de 2014, a Secretaria assinou convênio com o governo de Minas transferindo a jurisdição do aeroporto para o Estado.

Não houve nenhum tipo de favorecimento na implantação das melhorias na pista de pouso de Cláudio como insinua a reportagem. O ex-proprietário não concordou com as bases da desapropriação definidas pelo Estado e luta até hoje na Justiça contra elas. Até hoje ele não recebeu nenhum centavo.

Todas as atitudes do governo de Minas Gerais referentes ao aeroporto de Cláudio se deram dentro da mais absoluta transparência e lisura.

É também lamentável que a reportagem não tenha registrado que aeroportos locais (que não possuem voos comerciais) ou pistas de pouso fechadas são prática comum em aeroportos públicos, no interior do país, como forma de evitar invasões e danos na pista que possam oferecer riscos à segurança dos usuários. Ao ignorar esse fato, a reportagem deu a entender que o acesso à pista feito de forma controlada no município de Cláudio constitui algum tipo de exceção.”

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s