[Felipe Salto] Entrevista à Jovem Pan (14/09/12)

Economia para as empresas beneficiadas pela ação do governo chegará a R$ 25 bilhões

[Ouça, aqui, a entrevista de Felipe Salto para a rádio Jovem Pan.]

14/09/12 – 08h05

Publicado Por: Gabriel Mandel

Com o objetivo de criar empregos, combater a tendência de alta da inflação e ajudar a indústria a exportar cada vez mais, o governo federal anunciou ontem que está desonerando a folha de pagamento de 25 setores da economia, incluindo transportes, pães e massas e medicamentos, entre outros: as empresas destes ramos não pagarão mais os encargos de 20% ao INSS (R$ 21 bilhões), mas contribuirão com até 2% do faturamento, o que dará ao governo cerca de R$ 9 bilhões.

Mostrando que quer estimular a corrida por mais investimentos em máquinas e equipamentos, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, aproveitou para anunciar outra renúncia fiscal. Para Rogério César de Souza, economista do Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial, as medidas estruturais são as mais importantes, enquanto Lourival Kiçula, presidente da Associação Nacional de Fabricantes de Produtos Eletrônicos, acredita em mais fôlego para o setor.

Felipe Salto, da Tendências Consultoria, elogiou a atitude do governo, mas Geraldo Monteiro, diretor executivo da Abradilan, Associação Brasileira dos Distribuidores de Laboratórios Nacionais, ressaltou o tamanho da carga tributária e lamentou a “tímida” desoneração, já que o impacto para o consumidor será muito pequeno, na visão dele.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s